ANTÓNIO COSTA: Ter maioria absoluta “não é governar sozinho”

ANTÓNIO COSTA: Ter maioria absoluta “não é governar sozinho”

31/01/2022 0 Por Carlos Joaquim

“Uma maioria absoluta não é o poder absoluto, não é governar sozinho”, assegura António Costa, que reconhece a “responsabilidade acrescida de governar com e para todos os portugueses”, pelo que a maioria será “de diálogo com todas as forças políticas”.

Proteger a independência do poder judicial, cooperar com as instituições, promover a descentralização e cooperar com os órgãos de soberania são objetivos dos socialistas.

O início da nova legislatura coincide com o possível fim do período da pandemia, assinala ainda António Costa.

Costa fala com todos menos com o que “não vale a pena”

O PS “terá eleito entre 117 e 118 deputados”, algo que confirma a maioria absoluta, adianta António Costa, numa altura em que ainda não estão contabilizados os círculos da emigração.

Mas porque “em democracia ninguém governa sozinho”, Costa compromete-se novamente com o diálogo com todas as forças políticas, exceto “com aquela com que disse que não vale a pena consumir tempo de diálogo”, o Chega.

Sobre o diálogo com o Presidente da República, Costa espera que continue a cumprir as suas funções, assinalando que este viu a confiança dos portugueses renovada “há um ano”.

TSF

Imagem: SIC NOTÍCIAS