Fátima: Peregrinação de Outubro que assinala o “milagre do Sol” mantém o uso da máscara e a higienização das mãos

08/10/2021 0 Por Carlos Joaquim

A Peregrinação Aniversária de Outubro, que assinala o “milagre do Sol” em Fátima, vai ser presidida pelo arcebispo de Salvador da Bahia, e primaz do Brasil, cardeal Sérgio da Rocha. O Santuário alivia já as regras de combate à pandemia no que diz respeito à lotação do recinto, mas os cuidados com a higienização das mãos, distanciamento e uso de máscara são mantidos.

O Santuário de Fátima informou esta manhã que a Peregrinação Internacional Aniversária de Outubro regista “pela primeira vez, desde o início da pandemia, o maior grupo de peregrinos de nacionalidade diferente, 12”. No total existem 37 grupos inscritos, com “peregrinos de Espanha, Itália, Suíça, Alemanha, Bélgica, Polónia e Estados Unidos da América, registando-se também um grupo filipino residente na Holanda”.

Nesta peregrinação — que celebra a sexta e última aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos e o chamado “milagre do sol” —, “apesar de nesta data estar em curso um progressivo e responsável desconfinamento, será obrigatório o uso da máscara e a higienização das mãos à entrada do Recinto”.

Além disso, “serão reforçadas algumas informações aos peregrinos pelo recurso a sinalética adicional à já existente. O Santuário recomenda especial cuidado e prudência aos peregrinos e participantes que façam parte de um grupo de risco e que pretendam participar nas celebrações”, pode ler-se em comunicado enviado às redações.

O Santuário referiu ainda que, “tendo em conta a afluência de peregrinos em elevado número em algumas zonas específicas, reforça-se a delimitação de alguns espaços de maneira a criar perímetros de segurança e a gerir o acesso a locais suscetíveis de aglomerações”.

Por sua vez, à semelhança das peregrinações anteriores em tempo de pandemia, “no interior do Recinto existirão acolhedores que ajudarão a assembleia a posicionar-se de forma que sejam respeitadas as distâncias necessárias sobretudo entre pessoas que não pertençam ao mesmo agregado”, sendo especificado que “o acompanhamento do acesso ao Recinto de Oração é feito, no dia 12, a partir das 19h30, no dia 13, a partir das 7h30”.

“Contudo, nesta data, a participação dos peregrinos já poderá ser feita sem outros constrangimentos, como sublinhou o Reitor, padre Carlos Cabecinhas, numa mensagem partilhada com todos os fiéis no passado dia 30 de setembro”, reforça o Santuário, no que toca à lotação do espaço.

A Peregrinação começa no dia 12, às 21h30, com o Rosário internacional, na Capelinha das Aparições, seguido de Procissão das Velas e Celebração no Altar do Recinto de Oração. No dia 13 de outubro, às 9h00, Rosário internacional na Capelinha das Aparições e, às 10h00, Missa internacional, com a Palavra ao Doente, e procissão do Adeus no Altar do Recinto.

Madremedia