Castelo de Paiva | Contemplados alunos do Ensino Básico e Jardins de infância

Castelo de Paiva | Contemplados alunos do Ensino Básico e Jardins de infância

13/12/2020 0 Por Carlos Joaquim

 CÂMARA MUNICIPAL ENTREGA PRENDAS NAS ESCOLAS E IPSS DO CONCELHO

 Atendendo à situação de pandemia, que também afecta o concelho de Castelo de Paiva, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva não realiza este ano a

a habitual entrega de prendas a todos os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico e Jardins de Infâncianas instalações do edifício dos Paços dos Concelho, optando este ano por visitar todas as escolas e jardins de infância e fazer durante esta semana uma distribuição directa nos estabelecimentos de ensino, contemplando mais de 1000 crianças nesta acção natalícia.

Por uma questão de segurança e para evitar os ajuntamentos e propagação de contágios, a autarquia paivense não realiza este ano as diversas actividades natalícias que, normalmente, se desenrolam no espaço do Largo do Conde, e nesta distribuição de lembranças, como é habitual, também não foram esquecidas as diversas IPSS localizadas no concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, que hoje, numa atitude simbólica para marcar a iniciativa, esteve na EB 1 /JI de S. Lourenço, em Bairros, refere que, apesar da situação complicada que vivemos, no contexto da pandemia que nos afecta, e apesar de todas as restrições implementadas, ao nível da convivência social, não poderíamos esquecer as nossas crianças e os nossos idosos, daí esta mensagem de fraternidade e entrega de lembranças a todos.

Gonçalo Rocha referiu, a propósito desta quadra festiva, que apesar de estarem canceladas todas as actividades de Natal, não fazia sentido deixar de fazer a habitual iluminação das principais ruas da urbe paivense, até porque isso afastaria as pessoas do centro da vila, para se deslocar para grandes superfícies comerciais, e importa neste momento, ajudar cada vez mais o comércio local, com realização de campanhas promocionais que motivem a população a fazer compras no território.

Carlos Oliveira