SICÓ – Área de Paisagem Protegida | Sessão pública

SICÓ – Área de Paisagem Protegida | Sessão pública

31/07/2020 0 Por Carlos Joaquim
O Presidente da Câmara Municipal de Ansião, António José Domingues, abriu a sessão pública de esclarecimento, que decorreu, no passado dia 30 de julho, no Centro de Negócios de Ansião, promovida pela Associação Terras de Sicó, no âmbito do período de discussão pública da proposta de classificação de Sicó como Área de Paisagem Protegida de Âmbito Regional.
A acompanhar os trabalhos estiveram presentes os Presidentes de Câmara de Alvaiázere e Penela, municípios integrantes desta sessão de esclarecimento, que contou também com o Presidente da Câmara Municipal de Soure, que assume atualmente a presidência da Associação. Na intervenção que dirigiu à plateia referiu os objetivos do projeto e o caminho escolhido para se avançar no território com este trabalho, que reconheceu difícil, mas de grande importância no estabelecimento do diálogo com todos, no sentido de encontrar um instrumento regulador, mas que ao mesmo tempo não seja castrador da vivência humana no território. Referiu ainda que o projeto que está em discussão não tem a pretensão de agradar a todos, mas visa manter o território ao serviço de todos.
O projeto, nomeadamente a delimitação física proposta e a regulamentação de gestão prevista, foi apresentado pela empresa que o acompanha, seguindo-se um período de discussão, no qual todos os interessados apresentaram as suas dúvidas, discordâncias, pontos de vista, interesses, críticas, opiniões, contributos e sugestões.
Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Penela realçou o interesse em se partir de um documento base, aberto à discussão pública, que permita a construção de um relatório de ponderação, necessário para integrar as sugestões e contributos que possam ser acolhidos. Terminou referindo que a classificação em questão irá permitir avançar com a preparação de um Plano de Gestão para o território que promova a sua gestão integrada.
Antes de encerrar os trabalhos, o Presidente da Câmara Municipal de Ansião referiu ainda o enorme desafio que a Terras de Sicó e os municípios integrantes têm pela frente, na construção e no ponto de equilíbrio que permita conciliar as várias questões que se levantam com a classificação de uma área protegida, com o interesse económico, nomeadamente resultante das áreas florestais produtivas. Salientou ainda a importância de promover uma gestão integrada, processo no qual é fundamental envolver todos os interessados e conhecedores do território.