Proença-a-Nova | Proprietários de terrenos em redor da aldeia da Mó assinam contrato com o Município

Proença-a-Nova | Proprietários de terrenos em redor da aldeia da Mó assinam contrato com o Município

10/07/2020 0 Por Carlos Joaquim
Os proprietários que integram o projeto de reconversão de áreas florestais em áreas agrícolas na aldeia da Mó assinaram, no dia 4 de julho, o contrato com o Município de Proença-a-Nova, conforme instituído no Regulamento de Apoio à Reconversão de Áreas Florestais em Áreas Agrícolas nas Faixas de Gestão de Combustível em redor dos Aglomerados Populacionais. Recorde-se que esta aldeia foi a primeira no concelho a aderir a este programa, com todos os proprietários de terrenos na faixa dos cem metros em redor da localidade a realizarem plantações de espécies agrícolas que foram oferecidas pela autarquia e que terão de manter pelos próximos cinco anos. “Sendo esta a primeira aldeia do concelho a aderir a este processo, é para o presidente da Câmara Municipal motivo de satisfação, mas, mais do que isso, é abrir a condição para no terreno se verificar aquela que deve ser uma medida a ser seguida no sentido de rentabilizar a propriedade, ao mesmo tempo que se promove a gestão eficaz e segura da área de proteção do aglomerado populacional”, considera João Lobo, presidente da autarquia.
Esta medida inovadora de reconversão de áreas florestais em áreas agrícolas, lançada pelo Município, será replicada numa segunda aldeia da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira: os proprietários de terrenos na faixa dos cem metros em redor da aldeia de Fórneas já deram entrada com o processo nos serviços municipais e os próximos passos passam pela georreferenciação dos terrenos, mobilização dos mesmos nos casos em que seja necessário e plantação de novas espécies, seguindo o aconselhamento do Centro Ciência Viva da Floresta e do Departamento de Paisagem, Ambiente e Ordenamento da Universidade de Évora.
Qualquer localidade do concelho pode beneficiar dos mesmos apoios, devendo cumprir o estipulado em regulamento, disponível para consulta em www.cm-proencanova.pt.