CARNAVAL DE TORRES VEDRAS: INSTAURADA A MONARQUIA, TEM INÍCIO A FOLIA

CARNAVAL DE TORRES VEDRAS: INSTAURADA A MONARQUIA, TEM INÍCIO A FOLIA

22/02/2020 0 Por Carlos Joaquim
O Carnaval de Torres Vedras teve, esta noite, um dos momentos mais esperados pelos foliões torrienses. Milhares de pessoas concentraram-se junto à Estação Ferroviária de Torres Vedras para receber os Reis do Carnaval de Torres Vedras, Dom Magickú D’Aragonês do Pincel Encantado e Dona Ariel da Piriquita Safadinha Dápatodos.
Terminada a viagem de comboio, Suas Altezas percorreram o centro da cidade na sua carruagem, saudando o povo folião ao longo de uma viagem em que foram acompanhados por Zés Pereiras e cabeçudos, pelas associações carnavalescas (Marias Cachuchas, SacÁdegas, Lúmbias, Ministros & Matrafonas, Fidalgos e Real Confraria do Carnaval de Torres), mas também pelas Flauzinas, pelas Majorettes de Wellington e pelas bandas de música OSGA e Banda Real da Ribaldeira. O momento contou ainda com a presença do grupo “Vigilância à Portuguesa”, um dos grupos de mascarados premiados no ano passado.
A “pompa e circunstância” que o momento exigia tomou conta da entrada do edifício da Câmara Municipal de Torres Vedras, onde o Chanceler da Real Confraria entronizou Suas Altezas, que de príncipes passaram a reis do “Carnaval mais português de Portugal”. Seguiu-se a leitura do Decreto Real que, para gáudio da multidão, terminou com uma das regras mais importantes: “continua a ser proibido apalpar Sua Majestade, a Rainha.”