Religião | Como a aceitação do espírito do mundo afasta os fiéis

Religião | Como a aceitação do espírito do mundo afasta os fiéis

14/11/2019 0 Por Carlos Joaquim
A crise pela qual passa a Igreja Católica atinge também as confissões protestantes e resulta em grande parte do desejo de estarem acordes com o espírito do mundo. Isso tem provocado o afastamento de muitos de seus fiéis. Um exemplo característico, na área protestante, é o da Igreja Anglicana do Canadá. Pelo fato de admitir mulheres como bispos e sacerdotes, o “casamento” homossexual, como também adotar uma posição dúbia em relação ao aborto, ela tem perdido tantos seguidores, que está fadada a desaparecer nos próximos 20 anos.
Além dos anglicanos oriundos da Igreja da Inglaterra, sua homóloga canadense inclui outras igrejas historicamente ligadas ao anglicanismo. Como se recorda, a Igreja Anglicana surgiu com o rompimento do lúbrico rei Henrique VIII [quadro ao lado] com a Igreja Católica no século XVI, por ela não aceitar seu divórcio com a rainha Catarina de Aragão. Ele se proclamou então Cabeça da “Igreja na Inglaterra”.
O cisma real foi agravado pela heresia, com a posterior aceitação de doutrinas luteranas e calvinistas.
Na América do Norte, depois da Revolução Americana, as congregações anglicanas dos Estados Unidos e do Canadá foram reorganizadas em igrejas autônomas, com seus proprios bispos e estruturas.