Resistência a antibióticos nas escolas

Resistência a antibióticos nas escolas

01/11/2019 0 Por Carlos Joaquim
A inclusão do tema da resistência aos antibióticos nos currículos escolares é uma das medidas previstas no Plano Nacional de Combate à Resistência aos Antimicrobianos 2019-2023, hoje divulgado, que tem como objetivo “melhorar a saúde da população”.
Homologado pela Direção-Geral de Saúde, a Direção-Geral da Alimentação e Veterinária e a Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito do conceito “Uma Só Saúde”, o plano é “uma ferramenta e um referencial importante para o desenvolvimento da estratégia de combate à resistência aos antimicrobianos, que configura um problema de saúde pública”, referem as entidades.
O plano assenta em seis objetivos globais: “Prosseguir a implementação do conceito de ‘uma só saúde’”, “melhorar o conhecimento sobre a resistência aos antimicrobianos”, “fortalecer a base de conhecimentos e evidência através da vigilância epidemiológica, monitorização ambiental e investigação” e “reduzir a incidência da infeção”.