Oeste | FÓRUM SAÚDE XXI REFLETIU SOBRE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL EM TORRES VEDRAS

Oeste | FÓRUM SAÚDE XXI REFLETIU SOBRE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL EM TORRES VEDRAS

24 de Setembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
O Fórum Saúde XXI esteve de regresso a Torres Vedras, este sábado, para o segundo momento do Ciclo de Conferências a Oeste – Torres Vedras 2019. “I.A. ao serviço da saúde e das pessoas” foi o tema que deu mote ao encontro, que reuniu 63 participantes no Auditório do Edifício dos Paços do Concelho. Profissionais de saúde, comunidade académica e escolar, representantes de farmácias, Instituições Particulares de Solidariedade Social, empresas privadas e comunidade em geral juntaram-se para refletir sobre a relação da inteligência artificial com a saúde.
“Torres Vedras é uma referência a nível nacional” no que toca à oferta da prestação de serviços de cuidados de saúde, apontou Carlos Bernardes, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras. Ao dar início à conferência, Carlos Bernardes destacou ainda a parceria estabelecida com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa no sentido de fazer uma “radiografia intensa a todos os ativos existentes no nosso território na componente da saúde”, assim como o memorando de entendimento assinado com a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa para a criação do Torres Vedras Health Park for Multidisciplinary Care.
Seguiu-se António Vaz Carneiro, médico, investigador e Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, que falou sobre as possíveis aplicações da inteligência artificial na medicina, incindindo particularmente sobre o contributo que poderá ser dado durante a fase de diagnóstico. Uma reflexão desenvolvida por Arlindo Oliveira, presidente do Instituto Superior Técnico, que se centrou nas tecnologias e aplicações na área da saúde.