Saúde| 80 pessoas recusaram doar medula a doentes em risco de vida em 2018

Saúde| 80 pessoas recusaram doar medula a doentes em risco de vida em 2018

12 de Setembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
12/9/2019, 9:25
Mitos sobre o processo de colheita dificultam a concretização dos tratamentos. IPO do Porto organiza evento para esclarecer preconceitos e sensibilizar para a importância da dádiva.
(Receios sobre o processo de colheita levam a 6% de desistências)
STR/LUSA
No ano passado, 80 pessoas inscritas no Centro Nacional de Dadores de Medula Óssea, Estaminais ou de Sangue do Cordão (CEDACE) recusaram doar quando foram chamadas a fazê-lo por serem compatíveis com um doente em risco de vida. As desistências continuam a ser expressivas, apesar de serem menos do que em 2017 (110), noticia o Jornal de Notícias esta quinta-feira.
Segundo o JN, os mitos em redor do processo de colheita da medula óssea são apontados como a principal razão para estes números. Por esta razão, o IPO do Porto organizou um evento, a decorrer no dia 21 de setembro, tendo em vista a sensibilização para a importância da dádiva e a desmistificação de preconceitos. Na iniciativa vão participar dadores, transplantados e especialistas das principais unidades de transplantação de medula do país.