Religião | A triunfante Assunção de Nossa Senhora

14 de Agosto, 2019 0 Por Carlos Joaquim

Assunção – Alonso de Herrera (1580–1648).

O gáudio da Igreja triunfante (no Céu),
da Igreja militante (na Terra)
e da Igreja padecente (no Purgatório)
No dia 1º de novembro de 1950, o Santo Padre Pio XII, através da Constituição dogmática Munificentissimus Deus, definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem em corpo e alma ao Céu, confirmando assim a devoção já praticada pelos fiéis desde os primeiros séculos.
A proclamação solene desse dogma teve esta memorável definição: “A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso de sua vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial”.
Esta é a principal celebração deste mês de agosto, comemorada no dia 15 em todo o orbe católico. Transcrevemos a seguir excertos da conferência que, na véspera dessa festividade em 1965, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira fez para sócios e cooperadores da TFP.