COIMBRA | DesUnião à volta do Pavilhão

COIMBRA | DesUnião à volta do Pavilhão

9 de Agosto, 2019 0 Por Carlos Joaquim

Depois do Diário de Coimbra ter anunciado que o  “Tribunal diz que Pavilhão é do União e não da Câmara”, os órgãos sociais do Clube União 1919, entidade que tem dado continuidade ao falido Clube União de Coimbra, emitiram um comunicado onde se pode ler que “a notícia veiculada através de um jornal desta cidade sobre o Pavilhão União de Coimbra gerou alguma desestabilização e indignação gerada sobretudo por falta de informação”.

Os dirigentes informam que “O Tribunal de primeira instância não deu razão ao Clube União de Coimbra, mas a uma comissão de credores que no âmbito do processo de insolvência pretendem que o Pavilhão seja considerado propriedade do Clube de Futebol União de Coimbra para, com o produto da venda do mesmo, verem satisfeitos os seus créditos”.
“A tal pretensão opôs-se a Câmara Municipal que não satisfeita com a sentença vai interpor recurso”, revela o União 1919.