Hora de Fecho: Os 10 temas que vão fazer mexer a economia em 2018

30/12/2017 0 Por Carlos Joaquim
Logo Observador

Hora de fecho

As principais notícias do dia
Boa tarde!
Vai começar o desmame dos estímulos na zona euro e em Itália há eleições potencialmente desestabilizadoras. Também em 2018, os investidores receiam uma guerra “perigosa” com a Coreia do Norte.
Aumentos salariais colocam vários assessores do PS a bater no teto salarial e a ganhar quase 4 mil euros mensais. A mulher de Pedro Nuno Santos foi aumentada em 80% como assessora de Duarte Cordeiro.
Uma corrida, um abraço, um cortejo, um fogo, um julgamento, uma urna, uma tragédia, uma vitória, um protesto, uma eleição. As fotos que mostram o que aconteceu em 2017.
Uma série criada por Nuno Markl, outra baseada no universo de Stephen King, vários regressos esperado. Escolhemos 20 séries que deve marcar na agenda. Já.
O candidato à liderança do PSD abre a possibilidade de regresso ao financiamento dos partidos por empresas, proibido desde os anos 90. Rui Rio quer travar IVA e rever a lei na totalidade.
Marcelo Rebelo de Sousa deve ter alta até domingo, para fazer a passagem do ano em casa, diz o relatório médico publicado no site da Presidência da República. Depende do funcionamento do intestino.
O conselheiro de Estado e ex-líder do Bloco de Esquerda confundiu os conceitos de donativos e angariação de fundos, tal como tinha feito, também na SIC Notícias, o deputado do PSD Duarte Marques.
O IRS volta a ter sete escalões, o que vai beneficiar os contribuintes com rendimentos situados nos níveis intermédios. Para os “recibos verdes” haverá um agravamento da tributação.
Tivemos o Ronaldo no futebol e na política; a Madonna em Lisboa e o país a sair do lixo. No mundo, Trump e Kim trocaram mimos. Faça este teste para saber quão informado andou em 2017.
A notícia caiu como uma bomba esta sexta-feira e já teve desenvolvimentos este sábado: Benfica nega tudo e promete agir em conformidade, RTP avança com mais quatro jogos sob investigação.
2017 foi o ano que teve o maior número de jogos publicados, mas foi também o ano em que saíram alguns dos melhores videojogos dos últimos anos para consolas e PCs. Veja os sete de que mais gostámos. 
Opinião
José Manuel Fernandes
Uns dias quer ser a “consciência moral” do país, noutras sonha com ministérios. E não julguem que isso acontece apenas porque o Bloco se aburguesou – também acontece porque boa parte do PS “bloquizou”
Helena Garrido
Os partidos andam a suicidar-se. No caso das alterações às regras do seu financiamento alimentaram mais uma vez o monstro do populismo.
João Marques de Almeida
O homem que nasceu no dia dos Santos Inocentes, já disse que se sente com energia e ainda com anos para dar ao Porto. Nas suas palavras “são 65 anos mais IVA.” E há quem diga que os 80 são os novos 70
Paulo Tunhas
“As pessoas normais não sabem que tudo é possível.” Saber que tudo – inclusive o pior dos piores – é possível é algo que devemos ter sempre presente, mesmo quando pensamos o melhor.
Maria João Avillez
Escasseiam-me os instrumentos para navegar na irracionalidade do que aí está, nos mandamentos politicamente correctos do “como” pensar, na perseguição/denuncia de tudo o que não é conforme ao figurino
Mais pessoas vão gostar da Hora de fecho. Partilhe:

no Facebook no Twitter por e-mail

Leia as últimas

em observador.pt

©2017 Observador On Time, S.A.
Rua Luz Soriano, n. 67, Lisboa