DE GOLEADA EM GOLEADA, FC PORTO ENTRA NOS ‘QUARTOS’ DA TAÇA PELA PORTA GRANDE

14 de Dezembro, 2017 0 Por Carlos Joaquim
FC Porto junta-se a Rio Ave, Cova da Piedade, Moreirense, Desportivo das Aves, Farense e Sporting nos quartos de final da Taça de Portugal.
O FC Porto qualificou-se, esta quinta-feira, para os quartos de final da Taça de Portugal ao golear o Vitória de Guimarães por 4-0 no Estádio do Dragão. Num jogo onde os Dragões foram muito superiores, Aboubakar, Danilo e André André (2) fizeram os quatro golos da partida.
Face ao último jogo dos Dragões, na goleada no Estádio do Bonfim contra o Vitória de Setúbal, o treinador Sérgio Conceição promoveu duas alterações: José Sá e Brahimi saíram para os lugares de Casillas e Jesus Corona. Do lado da equipa minhota, Pedro Martins fez seis alterações: saíram Douglas, Pedrão, João Aurélio, Celis, Raphinha e Heldon e entraram Miguel Silva, Moreno, Konan, Francisco Ramos, Hélder Ferreira e Rincón.
Aos 11 minutos, o árbitro Carlos Xistra assinalou uma grande penalidade a favor do FC Porto. Maxi cruzou na direita, Aboubakar dominou na área, mas perdeu para Victor Garcia, que acabou por tocar a bola com a mão. Foi o avançado camaronês que bateu a grande penalidade para o meio da baliza, enganando o guarda-redes Miguel Silva, inaugurando assim o marcador no Dragão.
Já no segundo tempo, e depois de ter enviado duas bolas ao poste da baliza de Miguel Silva, Danilo conseguiu finalmente marcar. Aos 58 minutos, após pontapé de canto batido por Alex Telles para o primeiro poste, surgiu o médio internacional português a cabecear cruzado, sem hipótese de defesa para o guardião vitoriano.
Com poucos minutos em campo, André André (entrou para o lugar de Ricardo Pereira) aumentou a vantagem portista, mas o destaque vai para o excelente passe de Herrera a isolar Aboubakar na área. O avançado camaronês rematou para uma grande defesa de Miguel Silva, mas, na recarga, o antigo jogador do Vitória de Guimarães só teve de encostar.
Com o jogo completamente partido e praticamente resolvido, ainda houve tempo para mais um golo, novamente da autoria de André André. Novamente canto batido por Alex Telles, Soares tocou para a pequena área, onde apareceu André André a encostar e a bisar na partida.
Salientar que o FC Porto de Sérgio Conceição marcou 14 golos nos últimos três desafios (5 ao Mónaco, 5 ao Vitória de Setúbal e quatro ao Vitória de Guimarães).
Com este triunfo fácil, o FC Porto junta-se a Rio Ave, Cova da Piedade, Moreirense, Desportivo das Aves, Farense e Sporting nos quartos de final da Taça de Portugal. O sorteio realiza-se na segunda-feira.
Sportinforma