Hora de Fecho: Populismos: querem os homens ser iguais a deuses?

02/12/2017 0 Por Carlos Joaquim
Logo Observador

Hora de fecho

As principais notícias do dia
Boa tarde!
O Observador faz a pré-publicação do novo livro de Jaime Nogueira Pinto, “Bárbaros e Iluminados: populismo e utopia no século XXI”, sobre os líderes e os regimes que ambicionam tudo.
No barco de Joaquim Zarro, nem tudo o que vem à rede é bom peixe. A sardinha é mandada fora e o carapau vende-se, com sorte, a cinco euros por cada 20 kg. Fomos ao mar da Nazaré.
Funeral de Zé Pedro realizou-se esta tarde e foi reservado à família. Missa de corpo presente foi nos Jerónimos. Parlamento vai decidir forma de homenagem que respeite a vontade do músico, diz Ferro.
Fez parte de um grupo de sobreviventes e tem até uma tatuagem em memória dos atentados. Mas afinal, estava a 30 kms do Bataclan quando ataque ocorreu. Foi condenado a seis meses de prisão efetiva.
Primeiro-ministro agradeceu “claro apoio” dos socialistas europeus à candidatura à presidência do Eurogrupo. Presidente dos socialistas europeu refere “milagre em progresso” a decorrer em Portugal.
A exposição Arrivano i Paparazzi em Turim, Itália, revela ao mundo as fotografias mais arriscadas e históricas no universo dos paparazzi. Há Diana, David Bowie e Jackie Kennedy. Veja 20 das fotos.
A Audi, patrocinadora oficial do Real Madrid, fez o Natal chegar mais cedo aos jogadores, oferecendo um veículo a cada um deles. Muitos optaram pelo SUV Q7 e um pelo R8. Qual foi a escolha de Ronaldo?
Republicanos aprovam projeto de lei que dará alívio fiscal a empresas e cidadãos com maiores rendimentos. É uma vitória para Donald Trump, já que esta era uma das suas promessas eleitorais.
Desde que tomou posse, a 26 de setembro de 2017, o novo Presidente angolano já fez 250 nomeações. Para além disso, exonerou mais de 30 oficiais generais e 10 administrações de empresas públicas.
Uma das obras de referência da escritora húngara, “A Porta” é um livro sobre a descoberta da culpa absoluta de alguém cheio de boas intenções.
Depois de décadas em silêncio, Juan Martin Guevara, o irmão mais novo do Che, decidiu contar a história desconhecida de Ernesto e da sua família. Porque é preciso tirar Che Guevara “do seu pedestal”. 
Opinião
Alberto Gonçalves
Felizmente o dr. Rio dá uma ajuda: a comissão de honra e a lista de apoios declarados, repletos do pior entulho oligárquico que o partido produziu em décadas, são quase um manifesto favorável ao rival
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
“Os católicos continuam a desempenhar um importante papel. Na escola, na saúde, na solidariedade social, na cultura, na ciência, na tecnologia”. E na política?
Diana Soller
Os EUA estão reféns da China e da sua política uma no cravo outra na ferradura. E, como se vê, não havia pior altura para Navarro ter ganho a Tillerson. Perderam os Estados Unidos e perdeu o mundo.
Rui Ramos
Belmiro de Azevedo foi, enquanto empresário, um dos agentes da democratização social e económica de Portugal. Como poderiam os comunistas perdoar-lhe?
Jorge Barreto Xavier
Deixou de haver inocentes na política portuguesa. Catarina Martins pode verter lágrimas sobre o orçamento da Cultura. Mas ela é tão responsável por ele como o PS e o PCP.
b90d7ed2-70a7-41c4-947b-cb56e7c94d84.png
Mais pessoas vão gostar da Hora de fecho. Partilhe:

no Facebook no Twitter por e-mail

Leia as últimas

em observador.pt

©2017 Observador On Time, S.A.
Rua Luz Soriano, n. 67, Lisboa
__________________________________________________