Dia: 16 de Maio, 2017

SURPRESAS E OPORTUNIDADES

Na primavera de 1975, eu recebi uma grande oportunidade. Fui convidado para trabalhar na Fábrica de Rações da Sadia, em Concórdia, SC, Empresa onde eu já trabalhava por quase três anos. Eu aguardava por isso… E o momento chegara… Mas, conhecia pouco de nutrição animal e de fábrica de rações… Problemas novos exigem princípios novos, e a…

Por Carlos Joaquim 16/05/2017 0

Deslocalização Da Unidade Produtiva Da DS Smith Displays P&I, SA – ESCLARECIMENTO

Vivemos num Estado de Direito. A liberdade de expressão, um dos baluartes da Revolução dos Cravos ocorrida há 43 anos, assumiu-se como vetor fundamental da Democracia. Ao mesmo tempo, a pouco e pouco, a evolução e o desenvolvimento tecnológico foram contextualizando a nossa existência num mundo cada vez mais global, num ciberespaço onde a comunicação…

Por Carlos Joaquim 16/05/2017 0

Albergaria-a-Velha recebe amanhã reunião da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha recebe amanhã os membros fundadores da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago. As 37 instituições que constituem a Federação, entre elas três dezenas de autarquias, reúnem-se nos Paços do Município pelas 11h00, para discutir os estatutos da instituição. Após o almoço, os participantes visitam o Albergue de Peregrinos Rainha D.…

Por Carlos Joaquim 16/05/2017 0

Opinião: Coimbra. Aqui nasceu Portugal!

1. O segredo mais bem guardado da História de Portugal Caros leitores de As Beiras, façam o favor de se sentar, respirar fundo e ouvir com atenção (mais de 70% vão ficar surpreendidos); Foi em Coimbra que nasceu Portugal! Para além de aqui ter nascido, foi a partir de Coimbra que o Portugal recém-nascido, desabrochou, cresceu, se desenvolveu e se tornou Homem de…

Por Carlos Joaquim 16/05/2017 0

Eurovisão em Portugal “é oportunidade de investimento, não uma despesa”

A oportunidade estratégica de realizar o Festival da Eurovisão 2018, em Portugal, tem repercussões que estão muito para além do concurso, defende o investigador Jorge Mangorrinha considerando que o evento gerará retornos superiores ao investimento. Organizar a edição 2018 do Festival da Eurovisão “é uma oportunidade de investimento e não uma despesa”, disse à Lusa…

Por Carlos Joaquim 16/05/2017 0