Casal suspeito de abuso sexual da filha fica em prisão preventiva

23/09/2022 0 Por Carlos Joaquim
O crime do qual são suspeitos terá sido praticado “durante aproximadamente oito anos”.
Após primeiro interrogatório judicial foi aplicada ao casal das Caldas da Rainha, detido na quarta-feira pela Polícia Judiciária (PJ), a medida de coação mais gravosa: a prisão preventiva.
No comunicado emitido pela PJ após a detenção, que ocorreu ontem, lia-se que o crime ocorreu “de forma continuada, durante aproximadamente oito anos”e foi praticado “em contexto familiar”perpetrado “pelo pai com a cumplicidade da mãe”.
Os atos eram praticados, segundo o casal, “sob pretexto de concorrerem para a formação e preparação da vítima para o seu desenvolvimento sexual futuro”, revelou a PJ.
A PJ teve conhecimento da situação através da escola da vítima, tendo sido “de imediato” promovido o afastamento dos agressores da menina e iniciadas as “diligências investigatórias adequadas, que culminaram na proposta da emissão dos mandados de detenção”, que foram levados a cabo ontem.
SIC Notícias