Cantanhede | MUNICIPIO DO TARRAFAL DA ILHA DE SANTIAGO É O DESTINO DO 20º CONTENTOR SOLIDÁRIO

Cantanhede | MUNICIPIO DO TARRAFAL DA ILHA DE SANTIAGO É O DESTINO DO 20º CONTENTOR SOLIDÁRIO

15/09/2021 0 Por Carlos Joaquim

A Direcção Geral da Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense, concretizou recentemente o envio de mais um contentor de 20 pés para Cabo Verde, desta vez com destino à Câmara Municipal do Tarrafal de Santiago, para apetrechar a sua Loja Social, contribuindo dessa forma, para combater a pobreza e exclusão social e promover melhores condições de vida às famílias mais carenciadas, daquele Municipio de Santiago Norte.

Associaram-se a esta iniciativa da Sociedade Columbófila, que iniciou este projecto de cooperação em 2011 e que interruptamente tem vindo, ao longo destes 10 anos, a colaborar com várias Associações e Autarquias daquele país de língua oficial portuguesa, a direcção do Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel, sedeada na Adémia, na cidade de Coimbra, que por acção directa do Professor Cabo-verdense Silvestre Soares e do Professor Pedro Isidoro, doou um conjunto muito significativo de manuais escolares em muito bom estado de utilização.

Ainda no âmbito educativo a Sociedade Columbófila, voltou a receber o contributo da Professora Fátima Rebelo, também cidadã nascida em Cabo Verde, que ofereceu ao Municipio do Tarrafal, entre outros bens, dezenas de conteúdos audiovisuais, de trabalhos realizados no âmbito da disciplina de História que lecionou nas últimas décadas.

Igualmente associou-se a este envio o Agrupamento de Escuteiros 382 de Cantanhede, que através da sua “alcateia”, colaboraram nesta iniciativa.

Regista-se com agrado o trabalho desenvolvido pelos “bandos” dos “lobitos” dos Escuteiros de Cantanhede, que para além das suas dádivas, com a ajuda e colaboração dos seus chefes, colocaram no projecto solidário da Sociedade Columbófila, o seu cunho pessoal, na preparação das caixas, deixando nas mesmas as suas mensagens e desenhos para os meninos do Chão Bom, do Tarrafal.

Para além destes bens escolares, “viajaram” no contentor solidário, provenientes do Grupo Mosqueteiros, sediado na cidade de Cantanhede, que igualmente disponibilizou, dezenas de portas e janelas em madeira e pvc, produtos de higiene pessoal, louças e outros utensílios domésticos e muitos outros e variados bens do seu ramo de negócio, sem qualquer utilização anterior, contando igualmente com o apoio logístico do Município de Cantanhede, que sem essa colaboração, traria grandes dificuldades à concretização deste projecto de cooperação solidária.

A exemplo dos envios anteriores, colaboraram nesta iniciativa solidária muitas famílias que doaram vestuário, calçado, brinquedos, mobiliário, utensílios domésticos, louças entre outros.

Lurdes Silva, Presidente da Direcção Geral, que estava acompanhada pela sua Vice Presidente, Magda Silva e pelo jovem Juliano Moreira, que nas suas férias escolares, colaborou na preparação dos bens a enviar e na “missão” da carga do contentor, após cumpridas as formalidades exigidas pelo transitário agradeceu o trabalho e dedicação do jovem a este projecto solidário, bem como aos restantes colaboradores, referindo-se por último, à generosidade do Município de Cantanhede, que desde o envio do primeiro contentor, tem garantido o enquadramento logístico da respectiva carga, permitindo dessa forma continuar a acalentar o “sonho” solidário, que a sua Associação está a desenvolver em Cabo Verde, continuando, dessa forma, a permitir implementar esta cooperação de uma forma diferenciadora daquilo que se conhece em projectos idênticos.