Iniciativa “cartas dos netos” quer os mais velhos a votar pelo ambiente

11/09/2021 0 Por Carlos Joaquim

“Avó, avô, precisamos de falar”, é a introdução da iniciativa “Enkelkinderbriefe” (cartas dos netos), que pretende incentivar à participação consciente, ao nível ambiental, dos mais velhos nas eleições legislativas de 26 de setembro.

A atriz alemã, Karoline Schuch, é uma das muitas caras conhecidas do projeto. O convite foi-lhe feito no ano passado, e não precisou de muito tempo para aceitar. Vota nos “Verdes” desde sempre, mas não tem por hábito tornar públicas as suas convicções políticas. Desta vez, a luta pela preservação do ambiente falou mais alto.

“As gerações mais velhas são as que têm mais expressão na Alemanha, e, consequentemente, nas eleições. Os mais jovens têm de viver com decisões que eles tomam durante muito tempo”, sublinhou a figura pública em declarações à agência Lusa.

“Vários estudos provam que as pessoas com mais idade não se preocupam tanto com o ambiente, querem conduzir os seus carros até ao fim da sua vida, o que está bem, mas não pode ser só isso”, acrescentou.

Cerca de 60,4 milhões de alemães vão poder votar nas eleições de 26 de setembro, 31,2 milhões são mulheres, e 29,2 milhões homens. Cerca de 58% dos eleitores têm 50 anos ou mais e 21,3% têm 70 anos ou mais. Em contraste, a faixa etária abaixo dos 30 anos representa menos de 9% do eleitorado.

A nossa obrigação é falar com eles, convencê-los que é importante a preocupação com o ambiente, e com as futuras gerações, com a forma em como os netos vão viver, e os bisnetos”, destacou Karoline Schuch.

Na página oficial da iniciativa é disponibilizado um modelo de carta com escolha múltipla. O autor pode escolher a quem quer escrever, ao avô, avó, ou ambos, e também os argumentos a utilizar. Preencher todos os campos demora, de acordo com os autores, três minutos.

“É uma boa iniciativa. Talvez não sejam assim tantas as pessoas a escrever as cartas, mas é uma boa estratégia. Muitas pessoas falam sobre ela (…) e seguramente mais pessoas falam sobre as eleições do que há quatro anos, o que me parece um efeito bastante positivo”, realçou a atriz alemã à agência Lusa.

O projeto não está diretamente ligado a nenhum partido, mas tem como parceiros, iniciativas como a “Fridays for Future”.

No total, e de acordo com o contador da página oficial, 7020 cartas já foram enviadas.

As eleições legislativas na Alemanha para escolher o sucessor de Angela Merkel, há 16 anos à frente do governo, estão marcadas para o dia 26 de setembro.

Fonte: Lusa