Controlar a pandemia de Covid-19

Controlar a pandemia de Covid-19

21/07/2021 0 Por Carlos Joaquim

Há 90 concelhos em risco elevado ou muito elevado.

O Conselho de Ministros esteve reunido esta quinta-feira para atualizar as medidas relativas à pandemia de Covid-19. Com 90 concelhos em risco elevado ou muito elevado, passou a ser obrigatória a apresentação de teste negativo ou certificado para entrar em restaurantes e vigora o recolher obrigatório a partir das 23 horas nestes concelhos.

Apesar do número de novos casos continuar a aumentar, a Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, salientou que o número de testes realizados cresceu 28% em relação à semana passada e garantiu que o Serviço Nacional de Saúde não está em risco.

Mariana Vieira da Silva destacou, ainda, o ritmo de vacinação “muitíssimo elevado” e garantiu que “todos os esforços têm sido utilizados para que país faça utilização plena das vacinas que recebe”.

O Governo também anunciou hoje que foi aprovado o decreto-lei que permite a venda de autotestes em supermercados.

Os concelhos que estão em risco muito elevado de incidência da Covid-19 ficam sujeitos às seguintes regras:

  • Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam
  • Restaurantes, cafés e pastelarias até às 22h30 (no interior, com um máximo de 4 pessoas por grupo; em esplanada, 6 pessoas por grupo) Espetáculos culturais até às 22h30
  • Casamentos e batizados com 25% da lotação
  • Ginásios sem aulas de grupo; Modalidades desportivas de baixo e médio risco
  • Comércio a retalho durante a semana: até às 21h; Ao fim-de-semana e feriados:retalho alimentar até às 19h e não-alimentar até às 15h30
  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h nos concelhos de risco elevado e muito elevado

Para saber mais, consulte:

Controlar a pandemia – Conselho de Ministros 15 de julho de 2021

Decreto-Lei n.º 60-A/2021
PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS
Admite a disponibilização de testes rápidos de antigénio na modalidade de autoteste em supermercados e hipermercados