DGS proíbe Benfica de ter 20 adeptos na tribuna

26/09/2020 0 Por Carlos Joaquim

Clube da Luz considera “inadmíssivel e lamentável” a “incúria” da Liga Portugal que transmitiu aos clubes a possibilidade de terem alguns adeptos presentes nas tribunas presidenciais dos estádios de futebol.

A Direção-Geral da Saúde proibiu o Benfica de ter 20 adeptos na tribuna presidencial do Estádio da Luz para assistirem ao jogo este sábado contra o Moreirense.

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD foi esta manhã informada pela Liga Portugal da receção por parte daquela entidade de um email datado de ontem às 23h39, proveniente da Diretora-Geral da Saúde, Dra. Graça Freitas, dando conta que não existia autorização para o convite feito pelo nosso clube para a presença de um número limitado de sócios, Casas do Benfica e patrocinadores no camarote presidencial, no jogo que se realiza este final de tarde no Estádio da Luz”, lê-se no comunicado do clube da Luz.

Na sequência desta decisão da DGS, a direção do Benfica explica que “tomou esta iniciativa de acordo com o Manual de procedimentos do regulamento da Liga Portugal definido para esta época 2020/2021, onde expressamente se refere a possibilidade de ocupação até 50% dos números de lugares das tribunas presidenciais”.

O Benfica considera depois “absolutamente inadmissível e lamentável que afinal a Liga Portugal, numa recorrente demonstração de incompetência e incúria por parte dos seus principais responsáveis, não tenha validado junto da Direção-Geral da Saúde e entidades competentes as normas que definiu e transmitiu como seguras aos clubes no manual das competições oficiais”.

Eduardo Soares da Silva / Cristina Nascimento / RR