COMPANHIA JOÃO GARCIA MIGUEL EM RESIDÊNCIA NO TEATRO AVEIRENSE

COMPANHIA JOÃO GARCIA MIGUEL EM RESIDÊNCIA NO TEATRO AVEIRENSE

08/09/2020 0 Por Carlos Joaquim

Preparação de espetáculo com Danças Ocultas sobre Ode Marítima, de Fernando Pessoa 

A Companhia João Garcia Miguel está no Teatro Aveirense numa residência artística para a construção do espetáculo “Ode Marítima”, criado a partir do texto de Fernando Pessoa. Esta estadia irá durar até 13 de setembro, ficando marcada para 26 de setembro a estreia desta peça, no Teatro Aveirense, que conta ainda com a participação do coletivo musical Danças Ocultas.
Esta revisitação da “Ode Marítima” contará com um só ator, João Garcia Miguel, acompanhado dos músicos do grupo Danças Ocultas. O som, a luz e a espacialização cénica – e a eterna ironia – são os elementos desta encenação sobre os quais incidirão os cuidados e as atenções sempre intensificados, dentro das linhas de pesquisa e experimentação que o percurso da Companhia João Garcia Miguel vem percorrendo.
Sobre o espetáculo, João Garcia Miguel adianta: “Esta aproximação à obra de Álvaro de Campos é uma ventura sobre a linguagem e as suas constelações sonoras. Por isso convidei os Danças Ocultas a estarem envolvidos na criação. O convite estendeu-se ao Alexandre Coelho e ao Alberto Lopes anteriores cúmplices. Afastando-nos de uma leitura direta e naturalista abrem-se um vasto leque de opções onde a abstração e a geometria latente e suspensa nas entrelinhas do texto e suas desmultiplicadas narrativas nos podem guiar”.