Covilhã | PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DO ESPAÇO C3D MAKERSPACE C3D RUMA À COREIA DO SUL PARA INTEGRAR CONGRESSO DE CIDADES EDUCADORAS

Covilhã | PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DO ESPAÇO C3D MAKERSPACE C3D RUMA À COREIA DO SUL PARA INTEGRAR CONGRESSO DE CIDADES EDUCADORAS

27/09/2022 0 Por Carlos Joaquim
De forma a comemorar o seu primeiro aniversário, o Espaço C3D Makerspace estará de portas abertas, no próximo dia 4 de outubro, das 10h às 18h30, proporcionando momentos de partilha e criatividade onde todos poderão utilizar os equipamentos e atividades disponíveis no espaço.
Aberto à comunidade desde setembro de 2021, na Biblioteca Municipal, o C3D Makerspace é um espaço educativo pensado para trabalhar o combate ao insucesso escolar, através da identidade e da memória local. Assenta nos pilares da criatividade e da inovação, da apropriação da identidade local, da criação e da difusão do conhecimento, e assume como principais objetivos o ensino, o design e a inclusão social.
No passado ano letivo a base de trabalho centrou-se na interligação entre história / património local / identidade através da figura de António Esteves Lopes. Este ano, o espaço irá abordar a nossa herança cultural e patrimonial com o tema “A Arte Nova na Covilhã”.

BALANÇO DE UM ANO DE ATIVIDADES

PARA TODA A COMUNIDADE – Neste primeiro ano, O projeto dedicou as suas atividades a toda a comunidade, com especial foco nas comunidades educativas do município da Covilhã, a par das famílias com crianças e jovens, partindo do tema “António Lopes: Vida e Obra”. Respetivamente, nas comunidades educativas foi possível trabalhar com os quatro agrupamentos de escolas ao longo de 15 atividades diferentes, repartidas em cerca de 150 sessões, contactando com mais de 3.200 alunos. Quanto às atividades destinadas às famílias, iniciadas em março de 2022, decorreram não só nas instalações da Biblioteca Municipal, mas também noutros espaços da cidade, como por exemplo na Feira Nacional de Artesanato e Design. Destaca-se a forte adesão e procura deste tipo de atividades, tendo sido realizadas, até ao momento cerca de uma dezena de atividades, com mais de 20 famílias diferentes.
NAS FÉRIAS – Além destas sessões, o C3D esteve também presente nas férias dos mais novos, proporcionando aos ATL’s e CAF’s momentos divertidos, de criatividade e de experimentação. Neste contexto foram promovidas 5 atividades distintas no período de interrupção letiva para cerca de 20 instituições, num total de mais de 1.800 crianças e jovens.
A NÍVEL NACIONAL – Tendo por base a missão do serviço público, a ação do C3D ultrapassou as paredes do espaço e, até ao momento, marcou presença em congressos, formações e momentos de partilha nacionais. Assim, a nível nacional estiveram presentes no 2º Encontro Bienal do Plano Nacional das Artes, onde apresentaram duas atividades, e participaram no painel do “Webinar BAD: Conversas entre margens”, promovido pela Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação com o tema “Makerspaces em Bibliotecas”. Quanto à divulgação nacional, além de artigos que referem o Espaço C3D- Makerspace Covilhã como um caso de estudo nas diferentes áreas de ensino, foram publicadas duas notícias nos Boletins da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras que dão conta de atividades ligadas à criatividade e ao design.
A NÍVEL INTERNACIONAL – No âmbito internacional, o projeto foi divulgado na III Conferência internacional com o título “(Re)Pensar a Biblioteca Pública”, na cidade de Aveiro. Em outubro, será apresentado um Workshop, em Andong, na Coreia do Sul, integrado do XVI Congresso Internacional de Cidades Educadoras que permite a partilha e divulgação do trabalho desenvolvido.