Discurso do Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande Aurélio Ferreira

Discurso do Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande Aurélio Ferreira

19/10/2021 0 Por Carlos Joaquim

 Sessão Solene de Instalação dos Órgãos do Município 18 de Outubro de 2021 20h30 Casa da Cultura – Teatro Stephens

Senhor Presidente da Assembleia Municipal

• Senhores Vereadores, membros da Assembleia Municipal e Presidentes de Junta de Freguesia eleitos

• Senhores Presidentes e autarcas das Câmaras de Porto, São Joao da Pesqueira, Batalha, Peniche, e da Junta de Freguesia do Fundão

• Senhor Presidente do Instituto Politécnico de Leiria

• Senhora Presidente do ISDOM

• Senhor Presidente do Nerlei

• Senhora diretora do IEFP

• Senhor Comandante da Base Aérea nr 5

• Senhora Delegada de Saúde

• Senhor Comandante da PSP e GNR

• Senhores Vereadores e deputados que agora terminam funções

• Demais Autoridades Civis, Militares e Religiosas

• Senhores jornalistas

• Caras Amigas e Caros Amigos

• Minhas Senhoras e meus Senhores No dia 26 de setembro, a Marinha Grande pronunciou-se no local onde é mais importante: nas urnas.

No dia 26 de setembro, a Marinha Grande pronunciou-se no local onde é mais importante: nas urnas.

E manifestou claramente o que pretendia para a governação desta terra, dando-nos o seu voto de confiança.

Por isso, nos próximos quatro anos, iremos trabalhar na concretização da vontade do povo, com objetivos que envolvem os cidadãos, as instituições e as empresas.

Agradecemos em quem votou em nós, não deixando uma palavra de apreço em quem, democraticamente, votou noutros projetos políticos, não sem antes lamentar que mais de metade dos cidadãos não tivessem ido expressar a sua vontade. Temos de nos empenhar em mudar este paradigma.

Agora que acabaram as eleições, sou presidente de todos os munícipes do nosso concelho.

O trabalho que temos pela frente é árduo. Sem perdas de tempo vamo-nos empenhar com todas as nossas forças para atingir o sucesso que a terra merece, respondendo à vontade e empenho que os marinhenses sempre demonstraram.

Foram os marinhenses que nos transmitiram estas condições de governabilidade. É assim que faremos, em diálogo entre todos os eleitos, para que se possa recuperar o tempo perdido e conduzir o concelho rumo ao desenvolvimento. Queremos assumir compromissos com todos os eleitos, pois a eventual ou hipotética falta de união e coesão no executivo não nos levará a parte nenhuma, levará apenas a perda de tempo e à não resolução de problemas. É pois, do interesse de cada um, a concentração de esforços para recuperarmos esta terra.

Da minha parte tudo farei para que impere o diálogo e estou extremamente empenhado que assim seja nos próximos quatro anos. Considero de extrema importância que, em conjunto, possamos delinear e concretizar os melhores projetos, porque estou certo de que todos ambicionamos um melhor futuro para o nosso concelho.

Tenho a certeza que é necessário um esforço coletivo, do qual gostaria que nenhum eleito na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal e nas Assembleias de Freguesia, ficasse de fora. Mas para alem dos eleitos, o empenho deve também pertencer às associações e clubes, às empresas e trabalhadores, aos munícipes. 

Minhas Senhoras e meus Senhores,

A equipa dos seis vereadores hoje empossada é composta por gente muito competente. Escolhida para governar a nossa terra, tem nas suas mãos uma trabalhosa e desafiante missão.

Nos próximos anos, são muitos os projetos que pretendemos concluir. Apenas como exemplo, a adutora Picotes-Marinha; a creche do edifício da Ivima; rede de abastecimentos de água na zona de Picassinos e Amieira; o saneamento na Amieira; a requalificação da Rua do Sol; a requalificação do parque da Passagem; a Rua das Chedas; a reabilitação da rede viária; a reabilitação do espaço publico no Casal de Malta.

Outros haverá para lançar e realizar ao longo do mandato, como a piscina, que esperamos ultrapassar os problemas da contratação pública e dos seus cada vez mais complexos e burocráticos caminhos.

O foco será sempre o de criar condições para quem cá vive se sinta feliz, atrair novos moradores e apoiar as empresas que cá estão, ou cá se querem instalar, criando emprego de qualidade e bem remunerado.

Requisitos estes que passarão pelos compromissos anunciados na área cultural, desportiva, social, olhando a saúde, a educação e a juventude, o comercio e turismo, como elementos de coesão social duma comunidade.

Não vamos baixar os braços junto das instituições do estado, exigindo o que temos direito para o concelho e o que precisamos para o engrandecer. 

Pretendemos valorizar a excelência dos nossos concidadãos, relevando cada um pelos feitos alcançados nas mais diversas áreas. Queremos envolver os marinhenses dispersos pelo país e os da diáspora, que nos ajudem a dar dimensão do que somos e o que fazemos, espalhando os feitos desta terra e quem cá vive.

Num processo de coesão territorial, temos de cooperar com os municípios vizinhos para engrandecer a nossa região numa saudável competição, mas desejável harmonia, que trará visibilidade, melhor emprego e excelentes condições de vida à Comunidade Intermunicipal onde nos inserimos.

Este processo de diálogo estará presente na diplomacia económica, que iremos implementar neste mandato. A partilha de experiências nas diversas áreas, consolidadas na governança e sustentabilidade com outros municípios com condicionantes semelhantes, mesmo que longínquos, é essencial para promover a Marinha Grande como cidade tecnológica no meio da natureza, e, desta forma, atrair quadros qualificados e investidores. 

A cidade tem de ser segura e atrativa. A proximidade e a confiança entre os cidadãos, tem de ter no executivo camarário o maior exemplo.

Nada disto farei sozinho. 

Vou empenhar-me na valorização dos trabalhadores da Câmara, disponibilizando-me para os ajudar e apelando para que com o seu profissionalismo e trabalho em equipa sintam a nobre missão de servir os nossos munícipes. Juntos vamos trabalhar em prol do nosso concelho.

Deixo uma nota de regozijo e agradecimento aos eleitos do Partido Socialista, que mostraram disponibilidade para trabalhar connosco na Câmara.

Minhas Senhoras e meus Senhores, Teremos de ser capazes de responder às necessidades imediatas, sem contudo comprometer o futuro. Para isso, precisamos de reorganizar os serviços da Câmara, tornando-os mais eficazes ao serviço dos munícipes, tratar do ambiente, de garantir a segurança, de contribuir para um justo equilíbrio social, de assegurar que todos podem fruir da terra.

Queremos uma comunidade disponível para as empresas, para as famílias, incentivando os jovens e cuidando dos idosos.

Queremos ter uma terra com futuro, e agradeço aos marinhenses terem confiado em mim e na nossa equipa, terem-me dado esta oportunidade, que orgulhosamente vou agarrar e defender. 

Tudo farei para merecer a vossa confiança

Aurélio Ferreira 

Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande