Autoridade sanitária interrompe Superclássico com jogo em andamento. Argentina abandona relvado

Autoridade sanitária interrompe Superclássico com jogo em andamento. Argentina abandona relvado

05/09/2021 0 Por Carlos Joaquim

Polémica durante o Brasil – Argentina.

A autoridade sanitária do Brasil interrompe o jogo entre Brasil e Argentina, com o jogo a decorrer, por alegadamente quatro jogadores argentinos terem violado as questões de segurança devido à Covid-19.

O certo é que o jogo começou e, a certa altura, alguns agentes entraram em campo e interromperam a partida.

A Argentina abandonou o relvado e seguiu para o balneário.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil pediu a deportação de quatro jogadores da seleção da Argentina. Em causa um alegado incumprimento das regras sanitárias impostas no país para a Covid-19.

A regra no Brasil obriga a quarentena obrigatória para todos os estrangeiros que tenham estado em Inglaterra nos últimos 14 dias, situação que se aplica a quatro jogadores argentinos: o guarda-redes Emiliano Martinez e o extremo Emiliano Buendia, ambos do Aston Villa, o médio Giovani Lo Celso e o defesa Cristian Romero, que representam o Tottenham.

Segundo as autoridades, os atletas em causa terão prestado declarações falsas já que indicaram não ter passado por Inglaterra.

RR