INTERVENÇÕES NO CENTRO HISTÓRICO DA COVILHÃ EM DESTAQUE NO 25 DE ABRIL

INTERVENÇÕES NO CENTRO HISTÓRICO DA COVILHÃ EM DESTAQUE NO 25 DE ABRIL

19/04/2021 0 Por Carlos Joaquim
No âmbito das Comemorações do 25 de Abril, a Câmara Municipal da Covilhã promove a inauguração do Centro de Inclusão Social e visitas às obras do Centro de Inovação Empresarial e do Pátio dos Escuteiros. A autarquia destaca assim 3 das principais intervenções de recuperação urbanística que estão a rejuvenescer o “coração” da cidade.
Às 12:00 do próximo domingo, dia 25 de abril, será inaugurado o Centro de Inclusão Social, Rua dos Combatentes da Grande Guerra. O edifício do antigo liceu da Covilhã dá agora lugar a um novo espaço multifuncional, onde estão já instalados serviços municipais nas áreas da Ação Social, da Saúde, da Educação e da Cultura, para além de albergar ainda um conjunto de sedes de Associações locais. O Centro de Inclusão Social visa promover a inovação, o empreendedorismo social, constituindo-se como uma incubadora de Associações Socioculturais ligadas em rede e incrementando sinergias com os serviços camarários.
Às 15:00 do mesmo dia, realiza-se a primeira visita ao Centro de Inovação Empresarial, na Rua António Augusto de Aguiar. Com esta intervenção, que está já em fase de conclusão e foi levada a cabo no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), a Câmara Municipal da Covilhã requalificou o edificado original (antiga PSP), preservando o seu traço arquitetónico singular e dignificando-o através da criação de vários espaços de uso público, tendo em vista a promoção do empreendedorismo e a sustentabilidade de micro e pequenas empresas. O Centro de Inovação Empresarial será em breve um espaço único no centro histórico da Covilhã, fomentador de criatividade, potenciador do desenvolvimento, onde se instalarão atividades inovadoras, de carácter económico, cultural e social.
O Pátio dos Escuteiros, cuja intervenção está concluída, será visitado às 17:00. As obras de requalificação urbana do Pátio dos Escuteiros e da sua zona envolvente, entre a Rua do Castelo e a Travessa da Senhora da Paciência, visaram valorizar um espaço que se encontrava degradado e devoluto, atribuindo-lhe nova vida, com áreas habitacionais e espaços comerciais, garantindo a manutenção da identidade do conjunto urbano.
Este conjunto de importantes intervenções urbanísticas representam a aposta clara da Câmara Municipal no desenvolvimento sustentado e na promoção de novas atividades revitalizadoras do centro histórico de uma cidade da Covilhã cada vez mais Solidária, Inclusiva, Criativa e Inovadora.