Jornadas na Escola Superior de Educação de Viseu. Investigadores portugueses e brasileiros reunidos em Viseu para debater “O espaço na obra de Agustina Bessa-Luís”

Jornadas na Escola Superior de Educação de Viseu. Investigadores portugueses e brasileiros reunidos em Viseu para debater “O espaço na obra de Agustina Bessa-Luís”

14/10/2022 0 Por Carlos Joaquim

A 10.ª edição da JOEEL – Jornada Internacional de Estudos sobre o Espaço Literário teve ontem início na Escola Superior de Educação de Viseu, onde decorre até sexta-feira.

Na sessão de abertura, o coordenador do grupo organizador do evento, salientou o papel da jornada na promoção dos estudos sobre o papel da espacialidade na literatura. “No universo da ficção não há nenhuma obra sem referência à espacialidade e há dez anos havia poucos estudos na área”, referiu Sidney Barbosa, acrescentando que uma década depois as investigações são tantas, que muitas vezes já nem é possível acrescentar.

O evento científico realiza-se desde 2013 e é promovido pelo TOPUS – Grupo Interinstitucional de Pesquisa sobre Espaço, Literatura e Outras Artes. Na sessão de abertura, Fernando Alexandre, da comissão organizadora da JOEEL, recordou o primeiro congresso, quando ousaram “rasgar o espaço e fazer este percurso transatlântico”. O também docente da Escola Superior de Educação de Viseu afirmou que dez anos depois, continuam a “estudar e a acreditar no valor da palavra, convictos de que a literatura é a praça da grande cidade que é a língua, como manifestação da sua memória, excelência e criatividade”.

Também a presidente da Escola Superior de Educação de Viseu, Cristina Azevedo Gomes, destacou a “oportunidade de estreitar parcerias e colaborações com o espaço brasileiro”, sublinhando a importância do evento para o espaço educativo e para os investigadores.

A X JOEEL decorre em formato presencial, e o tema central é “O espaço na obra de Agustina Bessa-Luís”. Entre os dias 12 e 14 de outubro, um painel de oradores portugueses e brasileiros irá promover o debate em torno do espaço presente em obras inscritas no âmbito artístico, particularmente na literatura.

A JOEEL realiza-se no Brasil nos anos ímpares (com mudança de sede a cada nova edição) e em Portugal nos anos pares (sempre na cidade de Viseu), numa parceria com a Escola Superior de Educação de Viseu.

Sobre o Grupo TOPUS

Tendo iniciado as suas atividades em novembro de 2012, o grupo TOPUS nasceu para preencher uma lacuna importante no que se refere à pesquisa do espaço ficcional na área dos estudos literários. Encontra-se cadastrado no Diretório de pesquisa do CNPq, com sede situada na Universidade de Brasília – UnB.