Proença-a-Nova | Unidade Móvel de Saúde readapta serviços em 2020

Proença-a-Nova | Unidade Móvel de Saúde readapta serviços em 2020

21/01/2021 0 Por Carlos Joaquim
Menos atendimentos, menos saídas, menos quilómetros percorridos: o balanço de 2020 da Unidade Móvel de Saúde (UMS) reflete a adaptação que foi necessário realizar face às circunstâncias provocadas pela COVID-19, e à consequente crise de saúde pública, por um dos serviços do Município de Proença-a-Nova que está mais próximo das populações. “É com base nesta nossa estratégia de proximidade que temos levado este serviço aos nossos munícipes e que tem crescido em novas valências, o que o carateriza por ser um equipamento diferenciador e disponível para, em articulação com a saúde, estabelecer novas parcerias”, afirma João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.
Nesse sentido, houve novidades nos serviços prestados pela UMS, como por exemplo o acompanhamento telefónico dos utentes, com um total de 486 contactos efetivos durante o primeiro confinamento geral da população; a participação na rede de solidariedade para dar resposta à população de risco do concelho com a entrega de medicamentos e bens essenciais; e o apoio à realização de 778 testes à COVID-19, em parceria com um Laboratório de Análises Clínicas, durante os primeiros meses de pandemia. Também as já habituais ações de sensibilização da UMS acolheram um novo tópico: os cuidados a ter em época de pandemia. “Foi um ano muito exigente, mas de certa forma gratificante na medida em que conseguimos fazer realmente a diferença no acompanhamento, desta feita mais ao nível das emoções, das nossas gentes. É por tudo isto que tenho certo que vamos conseguir fazer de 2021 o ano do retomar das nossas vidas como gostamos de as viver”, refere Carlos Dias, técnico de Diagnóstico e Terapêutica da UMS.
Ainda assim, em 2020, a Unidade Móvel de Saúde realizou um total de 1.398 atendimentos nas aldeias e praias do concelho, com a realização de rastreios de saúde, 67 dos quais a novos utentes e 64 dos quais a utentes de fora do concelho. Das pessoas que procuraram este serviço, 60% pertencem ao sexo feminino. Foram realizadas 209 saídas, para um total de 6.353 quilómetros percorridos, e visitadas 101 localidades. Face à avaliação dos resultados dos rastreios, foram encaminhados três utentes para a urgência e 33 para consulta com o médico de família. Em 2019, a título comparativo, a UMS atendeu 586 utentes pela primeira vez no total dos 3.010 atendimentos realizados ao longo do ano, contabilizou 398 saídas, 212 locais visitados e 7.457 quilómetros percorridos.
Para além da atividade regular, a Unidade Móvel de Saúde dinamizou em 2020 o programa de verão nas praias fluviais e piscinas públicas nos meses de julho, agosto e setembro, e sensibilizou os participantes sobre a pandemia, mas também sobre o sol, o calor, o cancro de pele e a alimentação saudável. Em dezembro de 2020, em conjunto com a Bibliomóvel e o Projeto Enraizar – CLDS-4G, têm sido desenvolvidas ações específicas sobre a COVID-19 e o cansaço da pandemia – as planeadas para este mês foram canceladas devido ao Estado de Emergência. O técnico de Diagnóstico e Terapêutica da UMS acompanhou 19 utentes ao Hospital da Cruz Vermelha, onde realizaram cirurgias às cataratas, e a Castelo Branco no pós-operatório. Deu ainda apoio aos estudantes de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto nos rastreios e ações realizadas junto da população.