Em Louvor dos Autores Portugueses

Em Louvor dos Autores Portugueses

22/05/2020 0 Por Carlos Joaquim
Hoje é Dia do Autor Português. A Guerra e Paz, Editores saúda, por isso, todos os autores e, por maioria de razão, os que usam a escrita como veículo de criação. Devemos a romancistas e poetas o mundo em que vivemos. Se somos guerreiros como Aquiles, se somos ágeis e astutos como Ulisses, devemo-lo a Homero, como devemos a Shakespeare o gosto do drama e da tragédia, por termos, nas peças dele, aprendido a viver os dilemas de um Hamlet ou mesmo a ambição, a imoralidade e a maldade dos Macbeth.
Os autores portugueses ofereceram ao mundo e aos leitores de língua portuguesa um riquíssimo painel de personagens, preenchendo o nosso imaginário com figuras em que realidade e a fantasia se beijam e misturam, a Quina de Agustina e o Mário de Dulce Maria Cardoso, o Gama dos Lusíadas ou o Padre Amaro de Eça, a Teresa do Amor de Perdição e a Alexandra Alpha de Cardoso Pires, o Rapaz de O Que Diz Molero ou o Jorge dos Sinais de Fogo.
As grandezas e as misérias humanas, o amor e o ódio, a entrega e o ciúme, a ganância e a generosidade apreendemo-los, na esmagadora maioria dos casos, mais nos romances e nos poemas do que na vida. E a língua, essa língua em que compreendemos e deciframos o mundo, essa língua com que nos revelamos, seduzimos ou traficamos, devemo-la, inteira, deslumbrante, ao que dela fizeram Sá de Miranda e Herberto Helder, Fernando Pessoa, Florbela Espanca e Sophia de Mello Breyner Andresen.
Hoje, Dia do Autor Português, a Guerra e Paz, editores saúda todos os autores portugueses, fiéis depositários desse património de criação, dessa criação que combina a fidelidade e o delírio, o espelho e fabulação. Pelos vossos romances, pelos vossos poemas, esta editora agradece-vos, e estou certo de que nos acompanham todos os outros editores, todos os livreiros, a multidão dos agradecidos leitores que somos todos.
E hoje, Dia do Autor Português, dia também do aniversário da SPA, Sociedade Portuguesa de Autores, o 95.º, a Guerra e Paz, Editores saúda essa organização cuja missão é a defesa e o apoio a esses autores a quem devemos a alegria e a exaltação de, em cada página, descobrirmos um mundo novo e sonharmos com um mundo melhor.