COIMBRA | Pampilhosa da Serra aprova orçamento de 12 milhões para 2020

COIMBRA | Pampilhosa da Serra aprova orçamento de 12 milhões para 2020

13 de Novembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
O executivo da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra aprovou, por unanimidade, no passado dia 11 de novembro, a proposta de Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP´s) para 2020, no valor de 11 205 776€.
Assente numa estratégia de desenvolvimento sustentável e suportado por uma gestão rigorosa da despesa Pública, o documento prevê a execução e elaboração de um conjunto de projetos estruturantes para o Município, dos quais se destacam: Requalificação do Cabecinho; Construção do “Parque Naturia” (zona de verde e de lazer), na Ravessa; Ampliação do Parque de Campismo de Janeiro de Baixo; Requalificação do Miradouro do Casal da Lapa; Repavimentação da Estrada do Esteiro, o Projeto Intermunicipal de Passadiços e pontes na “Garganta do Zêzere”, entre muitos outros.
A par de várias medidas também previstas no orçamento, estes projetos visam a melhoria da qualidade de vida do Munícipes e refletem a aposta de continuidade no turismo de natureza. De resto, este é o setor que mais postos de trabalho tem criado no Município ao longo dos últimos anos, pelo que o executivo considera que deve dar continuidade a uma estratégia que assenta na promoção de caraterísticas como a qualidade do ar, da água ou a imponência paisagística, considerados como os verdadeiros luxos do século XXI.
Ainda na sequência dos incêndios de 2017 e apesar de solucionadas grande parte das ocorrências registadas, o próximo orçamento determina a aplicação de verbas na finalização de obras decorrentes do flagelo. Durante o ano de 2020 e depois de complexos processos de análise por parte da CCDRC, FAM – Fundo de Apoio Municipal e pelo Tribunal de Contas, serão iniciadas as obras de reconstrução das habitações não permanentes danificadas pelos incêndios de 2017, cujas candidaturas foram aprovadas. Recorde-se que esta medida pioneira a nível nacional, estipulou o apoio de 40% a fundo perdido para as referidas habitações, num esforço financeiro da inteira responsabilidade do Município integrado agora no próximo orçamento, no valor de aproximadamente 380 000€.

cazrtaz_A-5_LC_excur_Desembro.jpg