Ciência | Detetado pela primeira vez vapor de água em planeta extrassolar na “zona habitável”

Ciência | Detetado pela primeira vez vapor de água em planeta extrassolar na “zona habitável”

12 de Setembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
Cientistas detetaram pela primeira vez vapor de água na atmosfera de um planeta fora do Sistema Solar que está na “zona habitável”, a uma distância da sua estrela que lhe permite ter à superfície água líquida, foi hoje divulgado.
O planeta orbita uma estrela anã vermelha, a K2-18, que está a 110 anos-luz da Terra, na constelação Leão, sendo considerado uma “superterra” porque as dimensões da sua massa variam entre as da Terra e Neptuno, o último planeta do Sistema Solar.
Para detetar a assinatura de vapor de água na atmosfera no planeta extrassolar em causa, o K2-18b, uma equipa de cientistas da University College London, no Reino Unido, estudou dados de observações feitas em 2016 e 2017 com o telescópio espacial Hubble, operado pelas agências espaciais norte-americana (NASA) e europeia (ESA).
Além disso, a equipa desenvolveu algoritmos para analisar o espetro de luz da anã vermelha filtrado pela atmosfera do planeta, descoberto em 2015.