GNR deteve duas pessoas pelo crime de incêndio florestal

GNR deteve duas pessoas pelo crime de incêndio florestal

6 de Setembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
Em comunicado, a GNR adianta que no concelho de Cinfães foi detida uma mulher de 41 anos, devido à utilização de uma roçadora, para a limpeza de um terreno que causou um incêndio florestal, tendo ardido uma área de cerca de 14.000 m2 de mato e arvoredo, danificando ainda uma exploração agrícola.
No concelho de Albergaria-a-Velha, a GNR deteve um homem de 64 anos em flagrante delito quando este usou um isqueiro e provocou um incêndio florestal.
Na nota, a GNR indica que, além dos detidos, foram identificadas oito pessoas.
Na quinta-feira, no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios, a GNR realizou 1.200 patrulhas, que contaram com 2.393 militares de várias valências (territorial, trânsito, investigação criminal, Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente, e militares da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro), que percorreram mais de 66 mil quilómetros, em missões de prevenção, fiscalização e combate aos incêndios florestais.
A GNR referiu também hoje que na quinta-feira realizou a 1.ª Patrulha Aérea de Vigilância e Fiscalização para a prevenção de incêndios florestais.