Autarca de Albergaria-a-Velha diz que “Vento pode colocar em risco habitações”

Autarca de Albergaria-a-Velha diz que “Vento pode colocar em risco habitações”

6 de Setembro, 2019 0 Por Carlos Joaquim
O incêndio a lavrar em Albergaria-a-Velha pode, nas próximas horas, colocar em perigo habitações devido à imprevisibilidade do vento que, entretanto, começou a soprar, disse à Lusa o presidente da câmara local.
“Depois de nas últimas 24 horas o esforço dos bombeiros ter incidido em afastar o incêndio das habitações, o vento que se faz sentir faz temer por reacendimentos e pode colocar habitações em perigo”, disse o autarca de Albergaria-a-Velha, António Loureiro.Cinco incêndios estiveram ativos durante o dia de hoje nos concelhos de Águeda e Albergaria-a-Velha, encontrando-se, segundo fonte da proteção civil, dominados ou controlados.
O autarca deu ainda conta de “uma situação de extrema aflição vivida cerca das 12:30, na localidade de Fontão, devido à mudança de vento” que fez com que o fogo “tocasse numa das casas”.
“Felizmente foi apenas na marquise”, precisou António Loureiro.
António Ribeiro explicou, a partir do teatro de operações, que está a ser dada maior atenção ao incêndio de Paus, que deflagrou às 11:28 de quinta-feira e que “tem progredido para a parte baixa do concelho de Albergaria-a-Velha, já perto da margem do rio Vouga”, pelo que a preocupação “agora é proteger as povoações de Frossos, Angeja e São João de Loure”.
Para a zona foram mobilizados sete meios aéreos e as Forças Armadas enviaram para o distrito de Aveiro três máquinas de rasto do Exército, “para apoiarem na abertura de caminhos que facilitem o acesso dos operacionais que combatem os incêndios”.