Catolicismo alemão à beira do abismo? — 1 —

Catolicismo alemão à beira do abismo? — 1 —

31 de Março, 2019 0 Por Carlos Joaquim
A Conferência dos Bispos da Alemanha acaba de nomear Dom Franz-Josef Bode como responsável pelas questões de moral sexual no contexto do Caminho Sinodal,anunciado em Lingen, na reunião plenária de primavera. Sobre Caminho Sinodal pretendo tratar no próximo artigo.
Dom Bode deverá discutir o tema da sexualidade e moral sexual com o Comitê Central dos Católicos Alemães–ZdK. Cabe ressaltar que tal comitê vem há tempos atacando a moral sexual ao exigir o fim do celibato sacerdotal, a aceitação de casamentos selvagens, da homossexualidade e, sobretudo, de uma abrangente mudança na moral sexual.
Proveniente do cardeal Marx, o termo sinodalidade é tão vago como controverso. Mas representa uma afronta convocar um Caminho Sinodal para tratar de moral sexual sob a liderança de Dom Bode e do Comitê Central dos Católicos Alemães (ZdK). Parece piada de mau gosto, mas constitui verdadeira afronta a todos os católicos que ainda levam a sério a Fé e o Magistério da Igreja.