Hora de Fecho: Este português quer pôr-nos a viver para sempre

31 de Janeiro, 2018 0 Por Carlos Joaquim
Logo Observador

Hora de fecho

As principais notícias do dia
Boa tarde!
Henrique Jorge tem 50 anos e uma rede social que promete fazer clones digitais dos utilizadores – que agem sozinhos, mesmo quando o utilizador morre. “Mas atenção, malta. Não é um espírito, é código.”
Em comunicado, Tiago Vieira afirma que não está envolvido no processo doTribunal Administrativo e Fiscal de Sintra e diz ser “totalmente falso” que tenha qualquer dívida fiscal.
Rui Rangel é suspeito de quatro crimes de tráfico de influência por alegadamente ter prometido influenciar resultado de processos. Vieira ter-lhe-á prometido um futuro cargo na universidade do Benfica
Protesto por escrito, conversas e um jantar. Eurodeputado falou com presidente do Partido Popular Europeu sobre o tema e conseguiu deitar por terra discussão em plenário do Parlamento Europeu.
Ministro das Finanças foi ao Parlamento para uma audição, que acontece quando está a ser investigado pelo Ministério Público. Ouviu o Bloco pedir aumentos salariais, o PSD acusá-lo de eleitoralismo.
O advogado Paulo Blanco diz em tribunal de quem são as alcunhas que estavam escritas nas notas do procurador Orlando Figueira. E o magistrado confirma: Ricardo Matos, Ana Bruno e Rosário Teixeira.
Este é o dia mais louco do mercado: os clubes podem fazer as últimas contratações ou vendas até às 24 horas (com algumas nuances) e o Observador vai acompanhar ao minuto as principais transferências.
Jhonatan, o guarda-redes do Moreirense que se esqueceu do resultado na flash interview, foi levado ao hospital no final do jogo com o FC Porto: teve um episódio de amnésia pós-traumática.
A imprensa espanhola revelou SMS de Carles Puigdemont, em que o catalão admite o fim da luta pela independência. Puigdemont confirma autenticidade das mensagens, mas garante que vai continuar a lutar.
A revista norte-americana Time inclui o ex-presidente do governo catalão Carles Puigdemont, que se encontra fugido à justiça espanhola em Bruxelas, entre os cinco “fugitivos mais procurados” em 2018. 
Opinião
Maria João Avillez
Europa matriz e porto ou Europa em declínio? União Europeia ou Desunião Europeia? Acreditar ou desistir? Leiam este livro de Carlos Gaspar: reflecte-se tanto quanto se aprende.
Maria João Marques
Quando pensarem o que torna possível os casos repetidos a resposta é o ambiente de atirar lama às mulheres que fazem denúncias, de lhes chamar cínicas e hipócritas. Outro nome para isto é cumplicidade
Luís Aguiar-Conraria
Politicamente, a regra devia ser simples: tem um cargo de poder? Então não pede nem aceita nada de ninguém que possa estar em posição de fazer ou pedir um jeitinho. Ponto. Mais simples não é possível.
José Milhazes
A autocracia russa tem sérias razões para proibir o filme “A Morte de Estaline” pois vê-se retratada nas personagens do filme. Bem diz o ditado russo: “Não acuses o retrato se tens a cara torta”.
Fernando Leal da Costa
O caminho atual acabará mesmo por levar ao fim da ADSE, com a consequente perda do tampão que tem impedido a enxurrada de milhares de doentes para um SNS que já não responde bem a todos que o procuram
Mais pessoas vão gostar da Hora de fecho. Partilhe:

no Facebook no Twitter por e-mail

Leia as últimas

em observador.pt

©2017 Observador On Time, S.A.
Rua Luz Soriano, n. 67, Lisboa