O “HOMEM-ÁRVORE” FOI OPERADO E CORREU MELHOR QUE O ESPERADO

22 de Fevereiro, 2016 0 Por Carlos Joaquim


21 Fevereiro, 2016 por 

Abul Bajandar, conhecido como o “homem árvore” devido às impressionantes verrugas que cresceram nas suas mãos, submeteu-se a uma operação para limpar parte delas – e não conseguiu conter as lágrimas quando lhe disseram que a operação tinha sido um sucesso.
Abul Bajandar sofre de uma doença rara, chamada “epidermodysplasia verruciformis”, que desde os 15 anos lhe cobre as mãos e pés com uma enorme camada de verrugas parecidas com as raízes de árvores – fenómeno que lhe trouxe a alcunha de “homem-árvore”.
A cirurgia decorreu no hospital público de Dhaka, o maior do Bangladesh.
Um sucesso”, disse um dos cirurgiões. O plano inicial era recuperar 60% da mão direita de Abul, intervindo nos dedos polegar e indicador.
Mas o cenário foi tão favorável, que, em duas horas, acabaram por intervir nos cinco dedos e retirar 80% das verrugas.
“Tínhamos a intenção de libertar apenas os dedos polegar e indicador da mão direita, que eram os menos afectados pela doença, e que lhe dariam uns 60% de mobilidade“, contou ao El Pais o professor Byapari, um dos cirurgiões responsáveis pela operação.
“Mas decidimos continuar, porque as condições eram boas, e afinal acabámos por conseguir libertar cerca de 80% da mão, incluindo cinco dedos”, acrescentou o médico.
Rodeada de jornalistas, a mãe de Abul Bajandar não escondeu a emoção, quando soube que tudo tinha corrido bem. O filho tem agora uma esperança concreta de ter uma vida nova.
“Não tenho mais palavras de agradecimento ao governo do Bangladesh. O meu filho vai recuperar a mobilidade, vai poder procurar trabalho”, diz a senhora, visivelmente emocionada.
Boas notícias, num país onde elas não abundam.
ZAP