Hora de Fecho: Petróleo. Quem irá pestanejar, Putin ou sauditas?

13/01/2016 0 Por Carlos Joaquim

Hora de fecho

As principais notícias do dia
Boa tarde!

PETRÓLEO 

Arábia Saudita não quer cortar a produção da OPEP sem acordo com países não-membros, com a Rússia à cabeça, que evite a ruína dos sauditas. Petróleo, que caiu abaixo de 30 dólares, poderá cair mais.
São quatro testemunhos comprometedores para as principais figuras da antiga PT de ex-administradores, que juram que os investimentos financeiros ruinosos no GES foram feitos nas suas costas.
Governo anterior previa no orçamento que a reserva de tesouraria no final de 2015 fosse de 10,6 mil milhões. IGCP em Setembro dizia que seriam 8,6 mil milhões. No final, ficaram 6,6 mil milhões.
Cinco bancos internacionais e o CaixaBI foram contratados para uma emissão de dívida a 10 anos, que poderá avançar “no futuro próximo”. Tipicamente, avança logo no dia seguinte a este anúncio.
A contribuição audiovisual (CAV) destinada a pagar o serviço público garantido pela RTP pode passar para os serviços de televisão pagos. A fatura de electricidade pode baixar entre 6% a 13%.
Segundo a Bloomberg, o secretário de Estado do Tesouro revelou, em reunião com investidores, que o governo mostrou preocupação ao Banco de Portugal pela passagem de dívida do Novo Banco para o BES.
É o quarto dia de campanha. Passos Coelho diz que não participa para não parecer a segunda volta das legislativas. Marcelo quer ser árbitro e Nóvoa fala da Constituição. Acompanhe aqui.
Os danos cerebrais do ator José Boavida são “irreversíveis”. O ator permanece em coma induzido e o prognóstico é muito reservado. A filha culpa o INEM pela demora e acusa o Instituto de negligência.
A 88.ª cerimónia de entrega dos prémios da academia é já a 28 de fevereiro. E esta quinta é apresentada a tão aguardada lista dos nomeados. Mostramos-lhe todos os que venceram o principal Óscar.
El Chapo foi finalmente recapturado. Terá sido a atriz Kate del Castillo que levou as autoridades até ao narcotraficante. E não foi a primeira vez que uma mulher provocou a sua detenção.
O músico passou 18 longos meses a lutar contra um cancro no fígado. Nesse período difícil, a sua mulher, a modelo Iman, publicou dezenas de frases religiosas e motivacionais no Twitter e no Instagram. 
Opinião
Rui Ramos
Na “crise dos refugiados” na Europa, não há verdadeira discussão, porque ninguém quer argumentar, mas apenas calar os outros, aproveitando as emoções do último incidente. 
Luís Aguiar-Conraria
Pense no Google Self-Driving Car. E no seguinte dilema moral: se o carro estiver descontrolado, deve o software escolher atropelar cinco pessoas ou lançar o carro por um ribanceira matando o dono?
Maria João Marques
Queixem-se à vontade do aproveitamento pela extrema-direita destas agressões sexuais, mas ela só explora a receita explosiva que a esquerda multiculturalista cozinhou com irresponsabilidade criminosa.
Paulo de Almeida Sande
Conhece-se a história e nem interessa o desfecho ou as motivações; interessa neste caso a dimensão dos poderes presidenciais. Afinal, Cavaco podia ter feito quase tudo.
Miguel Maria Pereira
As flutuações nas estimativas de intenção de voto serão perfeitamente naturais, não só considerando o comportamento das sondagens no passado, mas especialmente dadas as características dos candidatos.
Mais pessoas vão gostar da Hora de fecho. Partilhe:

no Facebook no Twitter por e-mail

Leia as últimas

em observador.pt

Observador

©2015 Observador On Time, S.A.
Rua Luz Soriano, n. 67, Lisboa